Photobucket


Vitor e Mamãe


PERFIL

Sou Gabriela, uma paulistana que mora no interior, tenho 30 anos, casada há quase 8, com o Fabiano(32) e mãe da Ana Luiza, filha linda e desejada que já tem 2 aninhos, motivo pelo qual me inspirei a escrever este blog. A princípio (em 2005) era um blog para me ajudar a superar as perdas gestacionais, depois foi pra falar sobre minha gravidez, que aconteceu em 2007, e agora, escrevo aquí sobre a maternidade e minha longa luta contra a balança.



Sites aliados



Dieta dos pontos
Calculadora dos pontos
Cálculo do IMC




Mamãe Emagrecendo


Data Peso Perda
19/03/10 87 0
11/04/10 88 +1
26/04/10 88 0
30/04/10 86,5 - 1,5
07/05/10 86,8 + 0,3
14/05/10 86,8 0
21/05/10 87,3 + 0,5
28/05/10 000 0
04/06/10 000 0




Amigas Maternidade


Adriana, Sofya e Emanuelle
Aline e Melissa
Aline Tancini
Andressa, Ana Clara e Lucas
Ana Lúcia e Enzo
Cátia
Crika
Dida e Duda
Dudú
Faby e Aninha
Flavia e Luiza
Gabi Guedes
Keity e Lucas Gabriel
Kênia Itália
Lidi
Lili Guedes e Deivid
Márcia e Milena
Mariana
Rêca e Luíza
Sula e Sara
Tuca
Vanessa - Curitiba
Vivi, Thiago e Júlia Maria



dificil convivencia

Entre idas vindas ,choros e abraços,eu e o Felipe estamos juntos,porem estamos nos conhecendo de verdade somente agora,e está dificil a arte da convivencia,sempre disse que ele era perfeito,e hoje sei que existiam tantas afinidades porque elas não eram reais ele no começo se tornou outra pessoa pra me conquistar e agora esta se revelando,mas é como disse em nossa ultima conversa(a qual ele não disse uma palavra),que de agora em diante eu quero ser feliz e viver em situações que me façam feliz,chega de sofrer,chega de empurrar com a barriga ,essa fase pra mim acabou juntamente com o meu casamento com o Pedro,vou ser feliz independente de com quem ,talvez até sozinha...hoje pela manhã puxei assunto com o Felipe e ele me ignorou,não quero uma relação de mentira,e alguem que não me de valor, odeio admitir mas acho que estou chegando perto do fim de mais um relacionamento,é muito dificil conviver com quem não se conhece no âmago,de verdade e sinto que o Felipe é assim,uma fraude....o pior é que o que eu previa está acontecendo  me pego a pensar se valeu a pena jogar minha familia pro alto ceifar o relacionamento mais proximo do meu filho com o pai ,e por ultimo abrir mão de alguem que eu tenho certeza gostava de mim como eu era e apesar de errante era autentico,quem sabe ele não tinha conserto?quem sabe não vale mais a pena uma vida morna com quem se conhece?prefiro pensar que essa resposta é não ou vou enlouquecer...








mudanças

Depois que postei da ultima vez minha vida virou denovo,eu e o Fê brigamos por mal entendidos e diferenças na maneira de pensar,nossa pensei que não tinha jeito mesmo ,acho q foi uma mini-crise,rs.Porem tudo passou,graças a Deus (temos ido muito a igreja e ficado mais perto de Dele),estou cada dia mais feliz,estamos nos entendendo e lidando bem com as adversidades(ex dele que liga,eu que falo o nome do outro dormindo,uma torcida enorme contra ,não sei porque),que não tem sido poucas,agora no meu trabalho o povo só falta fazer bolão pra ver quando vamos largar,mas pelo contrario as dificuldades tem nos unido cada vez mais e a cada dia que passa sinto que ele é o que sempre procurei.AAAAmo!








dia dificil,e começo de nova vida ..definitivamente!

eu e o Fê temos feito alguns passeios juntos ,ele tem frequentado mais a minha casa tem interagido com o meu filho e estamos bem gosto muito dele ele é um super companheiro,porem as vezes meus pensamentos ainda me traem não tem um dia sequer que não me do Pedro,não tenho muitas boas lembranças mesmo assim sinto falta dele as vezes,uma expressão ,um trejeito...e hoje ele vai se mudar pra casa nova e estou com a sensação que agora sim nossas vidas vão se encaminhar,mudar mesmo,tudo o que quero é a felicidade dele e que ele amadureça,mas pelo tempo pela vivencia (mesmo nem sempre boa),enfim pelo sim pelo não ele sempre terá um lugar no meu coração,esse sentimento que ainda temos o tempo se encarregara de apagar...








dói...

Sigo com minha vida, e sinceramente não sei qdo isso vai terminar,o dias dos pais da minha criança foi nulo ,pois na vespera Pedro meteu os pés pelas mãos ,me ligou bêbado,me deixou nervosa (a beira de um ataque de nervos )fiquei preocupadissima,mal dormi ,liguei pro FElipe,pra Lavignia,orei talvez como nunca na vida,tive um medo terrivel,e senti uma grande culpa(não vou entrar em detalhes dos acontecimentos é muita exposição da vida alheia),decidi a cortar qq laço com o Pedro no que diz respeito a gente ,não vou mais me envolver com a vida dele ,minha  cabeça sabe que é o melhor a ser feito ,mas meu coração sangra,fui a igreja ontem e na pregação Disse que não devemos colocar as mãos e deixar Deus trabalhar ,eu particularmente acredito muito,e por isso tambem meu coração dói vejo o sofrimento do Pedro e não posso(e não adianta )fazer nada,Fê tem sido um anjo,mas nessas horas ja não sei direito o que sinto por ele meus sentimentos se confundem e sofro,como sofro!!!!








coração que se aperta

As vezes sinto raiva de mim,essa indecisão,essa falta de atitude ,trocando em miudos essa covardia está em matando,sei que alguma atitude tenho que tomar antes que tudo isso acabe mal,mas o meu coração se aperta e sofre pela indecisão,sei que um completa o outro,ontem Pedro veio falar comigo e me dizer e mostrar o qto é capaz de mudar vejo nos olhos dele que fará tudo o que for possivel para ficaemos bem,mas tenho medo de voltar com ele estar tudo certinho e simplesmente descobrir que não era iso,que não existe mais o "alicerce" o sentimento que consegue superar tudo ,que faz brotar a vida no relacionamento,trocando em miudos tenho medo de descobrir que não o amo ,e que meu amor de verdade,minha felicidade bateu asas e voou(literalmente ja que numa conversa o fê me falou que se não ficarmos juntos ele vai se mudar),não consigo entender minha cabeça,e sinto que o sofrimento ja está a espreita me rondando.Tenho um medo que me consome e está me matando ,porem não mata (talvez infelizmente a capacidade de amar)Chorão








tudo(quase)na mesma!

o fim de semana acabou e divinha ,estou aqui na mesma ,resolvi ir viajar com o FÊ,fomos na casa de uns parentes dele,e foi bem divertido e na volta,no dia seguinte encontrei o Pedro conversamos e disse a ele que não voltaria com ele,ele tinha esperanças concretas e sofreu ,na madrugada me ligou e confessou ter chego ao fundo do poço(prefiro não comentar o que houve...)e agora minha cabeça está a ponto de explodir ,tenho vontade passar a mão na minha criança e sumirmos por um longo tempo,parece que nunca mais vou me entender comigo e meus sentimentos será isso castigo?








semana longa,e cabeça rodando

finalmente me dei "aquela"semana pra pensar e posteriormente agir,hoje ja é sexta-feira e ainda não consegui decidir nada no meu coração,amanhã vou na igreja e espero que Deus me ilumine ,ja que fiquei de acretar (por opção)essa situação na segunda-feira.Ontem a noite acompanhei Felipe ao medico a pedido dele ja que tem alguns dias vinha sentindo muitas dores,o medico disse que sem exames é impossivel dizer com certeza,mas ao que tudo parece é uma hernia abdominal,Fê estava me cortando o coração tinha até os olhos no fundo de tantas dores que sentia,foi medicado e o medico solicitou exames e se realmente for comprovado o diagnostico terá que ser feita uma intervenção cirurgica,e ai eu penso ,pobre homem,tem uma familia relapsa,como vai ser?por enquanto estou dando a ele o apio que posso,fiquei com ele na sua casa até ele melhorar das dores,mas não rolou nada estou firme no meu proposito.Está chegando a hora da verdade e eu estou apreensiva,seja o que Deus quiser








recesso...depressa!!!

Ca estou na mesma,rs,,,indecisa apreensiva sem saber o que fazer,tive ontem uma noticia que me abalou,Felipe tem cancer,ja tem ha varios anos nunca tratou e é um cancer severo,porem ele por milagre divino acredito(ele é um homem de muita fé),ele não tem sintoma algum,e vive normalmente,isso veio pra mim como um soco no estomago que me fez perder o ar pelo resto do dia e o dia seguinte tambem,fiquei mais tranquila quando ele conversou comigo direito ,ja que na hora que acabou me contando estavamos com as emoções a flor da pele,consegui entender um pouco da tranquilidade dele,ja que acredita ter sido curado por Deus pois não é cientificamente possivel ele ter ainda o câncer e estar vivo ,a estimativa de vida após a descoberta ,e com tratamento ,é de 5 anos.Esse diagnostico dele foi a 10 anos atras,porem não estou calma de todo e se de repente esse tumor estagnou e começa a evoluir novamente ah não sei o que sei é que minha cabeça está girando e meu coração apertado,sem contar que foi niver do meu filhote e bateu uma certa nostalgia dos anos anteriores qdo eu e o Pedro voltavamos pra casa depois da festa para abrirmos os presentes juntos e comentarmos,foi dificil ,mas sinto que ele esta melhor ,focado em seguir sua vida ,agora quem está estranha sou eu,ainda mais com as ultimas noticias,por isso vou ter que me dar um tempo de verdade vou,tentar ficar 30 dias sozinha ,só com Deus meditando sobre tudo e quero crer que as coisas vão se resolver para que finalmente eue possa dar sequencia na vida, mudar de fasecom Pedro,comFelipe ,sozinha não sei,mas preciso demais estar comigo e com Deus Indeciso








indecisão e tristeza

De uns dias pra ca,tenho me sentido estranha,parece que a luz e o encanto do Felipe sumiu,porem ele continua como sempre dedicado encantador,Pedro tem encomodado meus pensamentos e isso tem refletido no meu tratamento com o Fe(é involuntario),me bateu duvidas ja nao estou tao certa do que é bom pra mim tenho medo de estar resolvendo um problema arrumando outro,estou uma pilha e estou fria ,distante do Fê e ele é claro notou e está me evitando discretamente ,acho que pra se proteger ,não sei o q fazer....Que Deus me ajude a não errar(de novo)








confusão

Minha vida está como uma montanha russa ,na verdade meus sentimentos,depois de minha ultima conversa com Fê achei que estava tudo tranquilo,porem a noite quando contei a ele que cederia uma casa que tenho para o Pedro morar,ele pirou me falou um monte ,ficou brasavo e brigamos porque acho que ele se irritou demais por um assnto que não nos dizia assunto diretamente,ficamos meio esquisitos e conversamos ,mas no fundo não nos entendemos parecia que tinha um nó nas nossas gargantas,e parece que as borboletas do meu estômago,simplesmente voaram pra longe,ai que tristeza parecia tudo tao perfeito,pensei mais um dia e percebi que estou procurando (mesmo sendo imperfeita) a perfeição e isso eu não encontrarei ,passamos o findi juntos ,na medida do possivel e ele continua o mesmo carinhoso,atencioso,um anjo,se esforça pra me fazer feliz e agrada o Henrique o maximo que pode tanto é que ja peguei o Henrique umas 2 vezes chamando ele de pai fiquei sem reação o Fê tambem e ele achando graça mas essa situação me preocupa ,será que não estou deixando eles muito proximos sendo que ainda não posso explicar muito pro Henrique ,ai que situação dificil Indeciso








Meu final de semana foi perfeito,eu e o Fê ficamos bastante tempo juntos,ele sempre carinhoso,perfeito e pela primeira vez tive uma vontade concreta de ficar com ele,tipo pra sempre (talvez isso porque eu esteja apaixonada ,mas sinto que é um sentimento maduro não sei bem).Porem como vida não tem sido um mar calmo,hoje as 6:00 da manhã o Pedro me ligou,porque disse precisava conversar,fiquei escutando ele ,hoje não estava tão desesperado,nem me culpando de nada,mas senti que estava triste ,abatido,me contou das dificuldades reais (não emocionais)que está passando,me disse que vai levar alguns meses pra fazer o quarto na casa da mãe,e que se sente "fora de casa".Eu ofereci uma casa que tenho pra ele morar mas, ele relutou um pouco ,diz que vai pensar na ideia.Até tentei entrar no assunto de ter alguem ,falei que quando acontecer não quero que ele tenha raiva de mim,e ele me perguntou se ja tinha alguem em vista,eu disse que não mas que poderia acontecer,agora não paro de pensar no assunto ,na situação dele, estou mal.E cheguei a falar pro Felipe pra gente não se ver por um mês pra que eu possa colocar a cabeça no lugar e ele aceitou,é um anjo.Minha cabeça está a milhão,vou me apegar com Deus e pedir que ele me dê forças e me encaminhe pro que deve ser feito e da maneira certa.Triste








dureza

Quando achei que minha vida estava se ajeitando,me enganei,estou cada vez mais perturbada com essa minha situação ontem me bateu uma deprê,nada estava bom,fiquei o dia inteiro olhando pro nada,nada me agradava e o Fe com toda aquela paciencia me deu um colo,me disse todas aquelas coisas pra levantar o astral,fiquei um pouco melhor e antes de dormir pensei,chega vou ser feliz,e hoje o Pedro me ligou denovo,disse que não esta conseguindo ,viver nem sequer sobreviver com essa situação(ele não ligava desde domingo de manhã,nem pra falar com o filho o que pra ele nessa atual situação é muito ,achei que ele ja tinha ate desencanado,que nada!),me disse que acabei com a vida  dele que era pra eu deixar o Henrique om ele pra ele ter um motivo para viver,claro que na maior boa vontade expliquei pra ele que isso seria impossivel,e ele me coloca numa posição de vilã que acabou com a vida dele ,mesmo assim não consigo sentir raiva,queria do fundo do meu coração gostar dele e achar que esse amor irira ser o suficiente pra termos novamente uma vida juntos,mas não consigo achar isso.O que sei é que com essa experiência quase consigo sentir minha pele esticar e meus ossos estralarem de tanto que estou crescendo,amadurecendo ,depois de tudo isso não sei como serei se melhor ,se pior,mas com certeza serei outra pessoa em muitos aspectos.








estrategia

Como ja escrevi aqui gosto muuito fo Felipe ,mporem as vezes me pego debatendo comigo mesma toda a pena que tenho de pedro,se isso não seria um resquicio de amor (homem-mulher) ai chego a conclusão jaque o fato só me pega quando ele chora e tudo mais..ontem mesmo foi muito triste fui buscar o henrique e o Pedro começou a chorar e me implorar por uma volta no meil da rua eu fiquei triste chorei ,ja que é dificil pra mim ve-lo sofrer afinal não é qualquer um ,mas consegui me manter firme na minha decisão.

Então ontem numa conversa com o Felipe,pensei em algo que a principio acredito nos ajude,ja que ainda temos que ficar meio escondidos como se eu ainda fosse casada (pelo pouco tempo do rompimento),eu pensei em ficarmos separados um mes e depois disso escancararíamos ,seria como se estivessemos começando a ficar naquele momento,sinceramente acho que não resolverá o problema de pronto,mas será bom pra mim colocar as idéias no lugar,vê realmente o que sinto por cada um deles e seguir o Pedro sei não vai aceitar bem,ja que o Felipe trabalha comigo, mesmo que se passem 6 meses levantará suspeita de algo anterior ao rompimento ,mas não vou poder ficar escondendo o Felipe a vida inteira.Ele achou que pode ser uma boa mas estou consciente que depois que esse tempo passar" ai é que são elas" vou ter que arcar com minha escolha de verdade!ai que meeedo! Tonto








especial

Ontem resolvi ir dormir na casa do Felipe (ja que meu bebê esta com o pai) ,foi incrivel ele continua uma pessoa fantastica comigo ,faz absolutamente tudo pra me agradar,não mede esforços.Confesso que ele tem sido muito importante nesse momento da minha vida,ainda não sei definir bem meu sentimento por ele,as vezes penso ser uma paixão dessas fortes e passageiras,as vezes penso que pode estar realmente virando um amor,me encanta o fato dele estar mudando pequenos detalhes na vida por minha causa ,as vezes um simples comentario e pronto la está tudo mudado como sugeri,não tem como não se encantar por ele.Ainda tenho um pouco de medo dessa relação e de como aconteceu mas tem me mostrado um lado de um possivel (provavel) relacionamento que eu não conhecia.

levei esse o dvd do fernando e sorocaba na casa dele pra gente assistir e contei pra ele que sempre me lembro dele quando ouço essa musica ,ja que tudo ele gosta e aceita,disee que desconfio que logo,logo assim como na musica ele vai confessar um monte de coisas,rs

Pesando tudo até hoje o que posso dizer é que o Felipe é um anjo comigo e meu sentimento por ele só aumenta cada dia!!Apaixonado








agora a real!

Agora depois que esse turbilhão todo está se dissipando,parei pra analisar minha situação,meus sentimentos e ainda estou confusa,as vezes estou com Felipe (detalhe ele é desprovido de beleza ou porte atletico rs),e penso se vai ser isso que quero (ficar com ele de vez),ai peso o bem que ele me faz,como me trata e principalmente o que sinto quando estou com ele,e é incrivel posso encontra-lo totalmente derrubada,triste mesmo,ele me levanta,me faz sentir bem é incrivel a mudança,ainda assim as vezes a duvida me pega,será que não é comodidade,será que simplesmente é porque estou gostando de ser bem tratada,mas sinto que gosto tanto dele,acho que tudo isso,todas as duvidas são em função de ter em minha cabeça ha anos que o Pedro era meu marido me acostumei ao seu biotipo,a seu tipo de beleza sei la,como é dificil ser mulher,ter duvidas porem vou seguindo e deixo claro para o Felipe que por hora não vamos ter nada sério ,escancarado,pela própria situação (pouco tempo de rompimento),e aos pouquinhos deixo claro pra ele que ainda não estou pronta,firme e decidida pra assumir um relacionamento com qualquer pessoa.

Detalhe hoje o Pedro tem me ligado de madrugada e meu coração dói por ele pela situação ,ja passei por ela e é muito triste dificil,hoje ele veio buscar o Henique pra passar o fim de semana com ele e com a avó,ai que dificil ficar longe do meu bebê,o Pedro está muuuito magro e abatido e na hora que eu vi ele daquele jeito fiquei mal,mas meu Deus o que eu posso fazer?diante das situações ja vividas inclusive ultimamemnte tenho certeza que a gente não tem jeito,se eu sentisse talvez que pudesse esperança de mudança ,com certeza eu pegaria esse gostar que tenho por ele e investiria tudo pra dar certo afinal ele é o pai do Henrique ,mas ele não se mostra preparado,sinto muita pena dele e não ha nada que eu possa fazer...quando será que essa situação vai mudar?